Home Uncategorized Crítica da terceira temporada de Bridgerton: Nicola Coughlan e Luke Newton’s Chemistry...

Crítica da terceira temporada de Bridgerton: Nicola Coughlan e Luke Newton’s Chemistry salva sua fórmula de romance ‘Eles vão, não vão’ (exclusivo recente)

2
0

[ad_1]

Crítica da 3ª temporada, parte 1 de Bridgerton: Sima Taparia teria se encaixado perfeitamente em qualquer mundo ou época Bridgerton Está quebrado. Três temporadas e um spin-off, a mania de encontros nunca diminuiu neste drama elisabetano brilhante, colorido e vistoso ambientado em Londres, embora tenha se afastado de um pouco da sensualidade e da nudez da primeira temporada. Bridgerton Ele retorna para uma terceira temporada – ou metade dela, para ser mais preciso – destacando o aparente romance entre amigos de infância Penelope Featherington (Nicola Coughlan) e Colin Bridgerton (Luke Newton). Como disse Mohnish Behl: Min Pyar Kia“,”Ek Ladka Aur Ek Lakhi Kabhi Dost Nahi Ho Saket..“. 3ª temporada de Bridgerton: é quando e onde você pode assistir a série Luke Newton-Nicola Coughlan online.

Apesar de Bridgerton Ele claramente tem fadiga em sua composição Moinhos e Boon O romance está dentro de seu próprio período de tempo, e os enredos são tão previsivelmente monótonos quanto parecem. Ainda há alguma força nesses personagens e em seus dilemas românticos. Bridgerton Ainda mantém o ideal racial de sua época, onde romances e amizades inter-raciais não são desaprovados. Personagem que parece saída de um filme de KJo, Srta. Malhotra (Banita Sandhu faz sua estreia na série), consegue se misturar com mulheres brancas para fofocas e favores de pretendentes. Com a linhagem indiana já tendo seu lugar sob o sol na temporada passada com os Sharmas – os Royals certamente amam a UCLA – a pobre Srta. Malhotra é agora apenas uma figurante na nova temporada.

Assista ao trailer da 3ª temporada de Bridgerton:

Claro, chegou a hora Bridgerton Ele dá toda a atenção a Penélope, uma das melhores personagens da série, e Nicola Coughlan ficou muito feliz no papel. Embora nesta temporada Penelope pareça mais triste com sua falta de oportunidades de se encaixar – garota, você merece coisa melhor – é fácil se envolver emocionalmente em sua história de oprimida. É um pouco decepcionante sentirmos falta de sua amizade próxima com Eloise (Claudia Gissy, que rouba a cena) devido às consequências no final da temporada passada.

Uma foto da 3ª temporada de Bridgerton

Quanto ao romance de Penélope com Colin, quase não há novidade na história. Para apimentar as coisas, eles incluíram um rival amoroso na forma de Lord Debling (Sam Phillips) – um personagem criado especificamente para a série – mas o encantador Lord não sente nada mais do que um pequeno toque no caminho do romance descartável. . O que em grande parte salva a pista é a presença óbvia de uma química agradável entre os protagonistas. estou certo Bridgerton Não teria sido possível sobreviver nem uma temporada sem a escalação de atores bonitos que compartilham uma ótima química entre si.

O episódio 4 termina com uma grande reviravolta do tipo “eles vão, não vão” em sua história de amor, e com mais quatro episódios pela frente, não é preciso muito gênio para descobrir que a personagem Lady Whistledown de Penelope está indo embora. Sendo um grande obstáculo para onde esse romance está indo. Só espero que o próximo lote de episódios não seja diluído devido à obsessão da série em ter muitas subtramas.

Uma foto da 3ª temporada de Bridgerton

Falando em outras subtramas, a matriarca Violet (Ruth Gemmell) de Bridgerton está tentando lançar sua terceira filha, uma nova versão de Francesca (Hannah Dodd), no mar de pretendentes. Embora a ideia de romance de Francesca não combine com os sentimentos de seus pretendentes, ela também se vê envolvida em um triângulo amoroso no final do episódio quatro. Até Violet parece encontrar um romance em potencial que poderia ameaçar sua amizade com Lady Danbury (Adjoa Andoh).

Uma foto da 3ª temporada de Bridgerton

Enquanto Daphne e Simon – os trailers da primeira temporada – não retornam (já que o elenco ficou velho demais para o show), Kate (Simon Ashley) e Anthony (Jonathan Bailey) – os heróis da segunda temporada – retornam, mesmo que apenas por um período insignificante antes de ser esquecido. Crítica da 3ª temporada, parte 1 de Bridgerton: As performances de Nicola Coughlan e Luke Newton nesta série da Netflix são ótimas críticas!

Uma foto da 3ª temporada de Bridgerton

Existem outros caminhos também, como Will Mondrich (Martins Imhangbe) e sua esposa Alice (Emma Naomi) que estão tentando se encaixar na “sociedade”, mas se sentem como preenchimento quando o espectador investe na desistência de Penelope e Colin. Os sentimentos deles.

Considerações finais sobre Bridgerton Temporada 3, Parte 1

Enquanto o vapor sensual está claramente acabando, BridgertonA terceira temporada de Penelope Featherington oferece uma mistura de previsibilidade e charme do velho mundo, ao mesmo tempo que dá à favorita dos fãs, Penelope Featherington, a merecida atenção. Apesar da narrativa cansativa e de algumas subtramas que parecem preenchimento, a química inegável entre os personagens principais e as atuações encantadoras mantêm a série Netflix em andamento.

(A história acima apareceu pela primeira vez em LatestLY em 17 de maio de 2024 às 17h17 IST. Para mais notícias e atualizações sobre política, mundo, esportes, entretenimento e estilo de vida, acesse nosso site lastly.com).



[ad_2]

Link da fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here